Democratização da Mídia!

ANATEL tenta fazer apreensão ilegal das rádios livres Xibé e Voz da Ilha

ANATEL tenta fazer apreensão ilegal das rádios livres Xibé e Voz da Ilha

No dia 17 de setembro, às 11h30, agentes da ANATEL sem identificação precisa, apresentando apenas crachás com os nomes Fábio e Diego e sem mandado judicial, tentaram intimidar professores e estudantes da Universidade do Estado do Amazonas (UEA) em Tefé (AM) com afirmações distorcidas sobre a lei. A intenção de realizar uma repressão arbitrária ficou patente quando quiseram realizar a apreensão ilegal dos equipamentos da rádio livre Xibé. Mesmo com a regulamentação atual isto não é permitido. Os agentes ficaram furiosos quando um professor disse que eles não tinham poder de polícia, mais um sinal de que estavam ali por pressão dos que articulam o monopólio comercial e político dos meios de comunicação no Amazonas. Diante da dificuldade dos agentes para entender quem seriam os responsáveis pela rádio para uma "autuação", mandaram a diretora escolher quem assumiria a "culpa" ou se seria a instituição, e saíram para almoçar. Nesse meio tempo os comunitários da cidade, diante da possibilidade de uma apreensão ilegal, tiraram os equipamentos da universidade.

O direito de Comunicar, por que eles podem e nos não???

Radio comunitária ela tem que ter a voz e a identidade de uma comunidade onde todos podem ter voz de falar a realidade.

VEIA PRINCIPAL DE ÁGUA DO ABIAL PASSA ATRAVÉS DO ESGOTO PRECÁRIO - PARTE 1

VEIA PRINCIPAL DE ÁGUA DO ABIAL PASSA ATRAVÉS DO ESGOTO PRECÁRIO - PARTE 1
Hoje dia 17 de setembro de 2010 às 09:00AM, aconteceu um fato um tanto nojento e motivador de revolta para os moradores do bairro Abial. Fazendo 03 dias sem fornecimento de água, os moradores do bairro descontentes resolveram averiguar o porque desta situação de seca na tubulação das casas.

E de forma estranha, observamos uma movimentação em torno de uma esquina da rua Beira Mar com a Samuel Fritz, uma escavação nos dutos de esgoto antigo e em péssimas condições, e com muito vazamento de água. O mais interessante é que estava sendo feita a limpeza do esgoto, retirando grande quantidade de lixo, cacos e sedimentos duvidosos com aparência de areia escura.

Como não ser enganado nas eleições - Precisamos aprender com urgência!

Como não ser enganado nas eleições - Precisamos aprender com urgência!
“Você sabe que um candidato é mentiroso e tenta enganá-lo quando:

1- Tem soluções para todos os problemas e, pior, tentar provar que há recursos e que é possível resolvê-los todos se for eleito;

2- Diz que vai realizar mais obras e prestar mais serviços (aumentar mais as despesas) e, ao mesmo tempo, afirma que vai reduzir os impostos, ou mesmo que não vai aumentá-los;

3- Gasta mais tempo em criticar os adversários e as propostas deles do que na defesa de suas próprias idéias”. (Ronald Kuntz, especialista em Marketing Político, em artigo constante do livro “Como não ser enganado nas eleições”; seu artigo tem 16 orientações sobre políticos mentirosos e informações importantes para o eleitor entender e analisar imagens e atitudes desses mesmos políticos).

LIBERDADE DE EXPRESSÃO - Texto para Reflexão

O direito à liberdade de expressão garante a qualquer indivíduo a possibilidade de se manifestar, de buscar e receber informações e idéias de todos os tipos, independentemente da intervenção de terceiros. Isto pode ocorrer oralmente, de forma escrita, através da arte ou de qualquer meio de comunicação.

Com a criação da Organização das Nações Unidas, o direito à liberdade de expressão passou a ser compreendido como base para a consolidação dos regimes democráticos e a efetivação de outros direitos humanos e liberdades fundamentais. Desde então, o direito à liberdade de expressão é garantido por padrões e tratados internacionais e reconhecido por diversos países nas suas legislações domésticas.

Tais documentos buscam estabelecer princípios para a liberdade de expressão, de forma que a garantia de livre manifestação e circulação de idéias e opiniões possa ser exercida pelos mais variados grupos – étnicos, religiosos, sociais, etc. – e não entre em conflito com os demais direitos humanos.

Indiretas já!

por *Flavio Tavares

Quatro anos atrás, em 2006, L.F. Verissimo fez uma irônica advertência à campanha eleitoral da época: tantas são as “pesquisas” de intenção de voto, que a eleição parece algo supérfluo, escreveu. Agora, em 2010, a constatação de sua verve de pensador profundo (que extrai grandes verdades das coisas simples) continua presente e até avança.

Mais do que a eleição em si, as “pesquisas” dominam a atenção. Imprensa, rádio e TV destacam previsões de “institutos”, como num torneio de adivinhação. O eleitor, bombardeado por essa tosca futurologia, não avalia os candidatos e só mira o apregoado final. Os novos cartomantes igualam a eleição a aposta em carreira de cavalos.

Assim, noutro ambiente e com outros meios, retrocedemos, em parte, às eleições indiretas da ditadura, que nem eleições eram, mas nomeações impostas, convalidadas pelo tal “colégio eleitoral”. Em 1985, a campanha pelas “diretas já” mobilizou milhões de jovens que jamais haviam votado para presidente e governador. Queriam exercer um direito essencial – votar livremente, sem interferências.

A posse de emissoras de Rádio e TV por políticos

ILEGALIDADE FLAGRANTE

O caso do deputado Jader Barbalho ilustra outro problema grave: a posse de emissoras de Rádio e TV por políticos. O deputado paraense e outros 50 parlamentares integram a lista feita pelo pesquisador Venício Lima, que gerou uma representação do Projor (entidade mantenedora do site Observatório da Imprensa) ao Ministério Público. Segundo o documento, não apenas deputados possuem concessões como deputados da CCTCI votaram pela renovação de suas próprias comissões. Novamente no caso aparece o papel central da legislação. Os deputados se protegem evocando a Lei 4117/1962 (Código Brasileiro de Telecomunicações), que veda aos políticos eleitos atuar em cargos de gerência e direção.

VERGONHA E DESCASO ESSA É A CARA DA INRESPONSÁVEL EMPRESA DE ENERGIA EM TEFÉ

VERGONHA E DESCASO ESSA É A CARA DA INRESPONSÁVEL EMPRESA DE ENERGIA EM TEFÉ
Gostaria de discriminar nesta poucas linhas, o descaso da manaus energia com relação o município de Tefé, são bastante frequentes os blackouts na princesinha do solimões. Esse problema já vem acontecendo a mais de 20 anos e NADA se resolve, a responsabilidade passa de mão em mão e continua na mesma. Os tefeenses hoje fala que o normal é falta energia, e quanto tem energia sem quedas é porque, ou vem algum político influente está visitando a cidade, ou chegou peça remanufarurada para as máquinas superfaturadas, ou já conseguiram dinheiro suficiente para a pinga com venda de combustível das máquinas, ou existe um filho da mãe que gosta de fica puxando a manivela pra economizar o gasto de combustível, é claro com outro interesses, ou a Manaus Energia disse "vão se virando do jeito que dá!", ou o presidente da companhai energética deixou um bundão cuidando da situação, e o cara está nem aí pra Tefé.

A praga das concessões de rádios

Esse é o perfil do sistema de rádio e televisão no Brasil. Quando a ABERT defende o status quo, toda a velha mídia apóia. Depois, fazem denúncias corretas, como esta, mas sem contextualizar o quadro, como se fosse apenas vício da política e não do modelo.

Da Folha

Concessões dadas a rádios triplicam em ano eleitoral

Maior parte das renovações e autorizações beneficia políticos ou igrejas

Foram 183 decretos em 2010, contra 68 no ano passado; ministério diz que criação de grupo de trabalho gerou "boom"

BRENO COSTA
DE SÃO PAULO

Em ano eleitoral, o governo federal quase triplicou o número de renovações ou novas autorizações para o funcionamento de rádios em todo o país. A maioria delas (57%) beneficia veículos ligados a políticos ou a igrejas.

Segundo levantamento feito pela Folha em decretos conjuntos da Presidência e do Ministério das Comunicações, assinados neste ano, 183 rádios comerciais ou educativas foram beneficiadas pelo governo, em 162 municípios.

Dessas, 76 são ligadas a políticos. Outras 28 estão sob controle, ainda que indireto, de entidades religiosas -evangélicas e católicas.

ENCONTRO DE MULHERES NA COMUNIDADE DO JARAUÁ – RESERVA MAMIRAUÁ

ENCONTRO DE MULHERES NA COMUNIDADE DO JARAUÁ – RESERVA MAMIRAUÁ
Nos dias 24 e 25 de julho de 2010, aconteceu na comunidade São Raimundo do Jarauá no centro comunitário, encontro Grupo de Mulheres...

Matéria Completa na Voz da Ilha

Festival Visões Periféricas

Festival Visões Periféricas

Festival Visões Periféricas

Mostra Imagens Remix + Mostra Tamojuntoemisturado

Inscrições vão até o dia 20 de agosto!

Tamojuntoemisturado – competitiva: filmes de até 03' (três minutos) produzidos por qualquer realizador, exclusivamente através de aparelhos celulares, câmeras fotográficas e dispositivos móveis. O tema para esta mostra é "Ser singular na diversidade, ser diverso na singularidade". Exibição em internet.

Imagens Remix – competitiva: filmes de até 03' (três minutos) produzidos por qualquer realizador cuja obra privilegie a recombinação de vídeos, imagens, sons e músicas disponíveis na internet (mashups, remixagens, legendagens e paródias). Não há tema específico. Exibição em internet. Leia mais sobre a idéia da mostra em Arte e Cultura do Remix.

Festival Visões Periféricas
A proposta do festival é:

* compôr um painel multicultural sobre a realidade e a produção cultural das múltiplas periferias do Brasil (favelas das grandes metrópoles, comunidades quilombolas e ciganas, sertões, aldeias indígenas etc);

I Anuário de Fanzines, Zines e Publicações Alternativas

Está oficialmente lançada a convocatória para o I Anuário de Fanzines, Zines e Publicações Alternativas, organizado pela UGRA.

Mais informações: http://ugrapress.wordpress.com/anuario-de-fanzines/

O que jovens moradores de bairros da periferia pensam sobre o principal noticiário da Rede Globo?

Autor: Pedro Pontes de Paula Júnior

É com esse questionamento que a mestre em comunicação pela da Universidade Federal de Juiz de Fora, Aline Silva Correa Maia desenvolveu uma pesquisa junto a alunos do ensino médio de uma escola pública da periferia de Juiz de Fora, cidade do interior do Estado de Minas Gerais. A pesquisa foi desenvolvida no formato de estudo de recepção, analisando como o conteúdo do principal noticiário da Rede Globo, o Jornal Nacional age na construção da identidade da juventude suburbana e na percepção do que é entendido como realidade e valorização da cidadania.

Simpósio Internacional no Amazonas reúne movimentos, acadêmicos e funcionários governamentais que defendem os conhecimentos das populações tradicionais

Está acontecendo entre os dias 14 e 16 de julho, na Universidade do Estado do Amazonas, em Manaus, o Simpósio Internacional Conhecimentos Tradicionais na Pan-Amazônia. O evento, promovido pelo Projeto Nova Cartografia Social da Amazônia (PNCSA), está reunindo em debates horizontais as lideranças de povos indígenas, quilombolas e de outros povos tradicionais, acadêmicos de cerca de 40 universidades, e profissionais que trabalham nos governos de nove países da Amazônia. Mais de 400 pessoas se inscreveram para participar do evento, que aceitou até mesmo a inscrição de um funcionário da ABIN. Todo este interesse mostra que o assunto é um dos mais importantes na agenda internacional neste momento. O pano de fundo deste interesse é o conflito entre interesses corporativos que pretendem expropriar os conhecimentos coletivos, patentear e aplicá-los em empreendimentos industriais, e os povos tradicionais que exigem o respeito à sua autonomia e aos seus saberes coletivos voltados a uma vida sã.

Projeto de pesquisa mostra que os direitos reprodutivos não são respeitados em Tefé


Estudos relacionados a gênero, saúde e direito reprodutivos são pouco explorados pela comunidade científica na região Amazônica, sobretudo no município de Tefé, interior do Estado do Amazonas. Recentemente o município esteve presente nos principais noticiários do país com as denuncias envolvendo representante do alto poder público da cidade em casos de pedofilia.

Com a intenção de mudar o histórico de escassez na produção científica dessa temática, estão sendo desenvolvidos projetos de pesquisas pelo Centro de Estudos Superiores de Tefé da Universidade do Estado do Amazonas. Entre os quais está o trabalho “Gravidez adolescente no conselho tutelar de Tefé-AM”, desenvolvido pela acadêmica do sexto período de História, Fabiana Lopes Saquiray.

Deputados federais assinam sem ler PEC que inclui cachaça na cesta básica do brasileiro

Nelson Trad, do PMDB, até agrediu a repórter e o cinegrafista do CQC, que gravaram a pegadnha no Congresso Nacional em Brasília!

Pauta da Nova Rádio Livre do Abial

Aconteceu no dia 09 de junho as 17:00 na Escola E. Getúlio Vargas, a primeira reunião que dará inicio a uma nova e primeira rádio livre do Bairro do Abial.
A reunião foi proposta por serginho que juntou jovens com sede de expressar suas ideias e suas noticias. E lá decidiremos e aprenderemos sobre este novo modelo de rádio.

Hélio Bessa tem que devolver R$ 1 milhão

O TCU condenou o ex-prefeito Hélio Bezerra Bessa ao pagamento de R$ 1.231.058,40, valor atualizado, aos cofres do Tesouro Nacional. Os recursos foram repassados ao município de Tefé (AM) pelo Ministério da Integração Nacional e eram destinados ao custeio da urbanização da orla da cidade. Bessa não apresentou documentos que comprovassem a utilização regular desses recursos.

Análise da prestação de contas pelo TCU verificou a ausência de cópia dos cheques nominais referentes aos pagamentos dos serviços supostamente efetuados e a inexistência de documentos relativos ao processo de licitação e à contratação da empresa para executar a obra. O responsável ainda foi multado em R$ 10 mil e tem 15 dias para pagar a multa e o valor da condenação. Cópia da decisão foi enviada à Procuradoria da República no Amazonas. Cabe recurso da decisão. O ministro-substituto André Luís de Carvalho foi o relator do processo.

LIVRES OU COMUNITÁRIAS ?

LIVRES OU COMUNITÁRIAS ?
Podemos vislumbrar uma diferença substancial entre as rádios livres e comunitárias. Os ativistas do movimento, recorrentemente, criticam as rádios comunitárias por estas abrirem suas portas a políticos sedentos por votos, à plataforma de seitas religiosas e/ou reproduzirem formas e conteúdos clichês da mídia corporativa. No entanto, todo o serviço de radiodifusão comunitária foi regulamentado pela Lei n. 9.612 [1], no ano de 1998. Essa legislação especial para as rádios comunitárias tratou de regrar inteiramente esse exercício, prevendo requisitos de funcionamento, a finalidade do serviço, o modo de autorização, as penalidades administrativas, etc.

Cobertura das mídias livres e comunitárias em defesa de Copala

Cobertura das mídias livres e comunitárias em defesa de Copala
O meios de comunicação livres, comunitários,coletivo ou organizações que participaram da cobertura e/ou escreva para autonomialradil@gmail.com para difundir suas ações.

Ação global: solidariedade com o município autônomo de San Juan Copala, Oaxaca, México dias 7, 8 e 9/5

Muitos ativistas e leitores que acompanham as publicações do CMI Brasil certamente já ouviram falar de uma intensa rebelião mexicana que veio a se tornar conhecida como a "Comuna de Oaxaca". Oaxaca é, junto com Chiapas e Guerrero, um dos estados mais pobres do México, e concentra, com esses e outros estados do sul do país, a maior parte da população indígena mexicana. Em 2006, após a iniciativa do movimento sindical dos professores de Oaxaca, este estado protagonizou uma das mais ousadas insurreições não armadas que se tem notícia, formando a Assembléia Popular dos Povos de Oaxaxa (APPO), declarando a desaparição dos poderes instituídos em Oaxaca. O movimento foi objeto de uma brutal repressão, tanto por parte do governador Ulises Ruiz quanto por parte do presidente Felipe Calderón, o que fez de Oaxaca uma das referências mais emblemáticas e dramáticas nas discussões dos recentes fóruns de direitos humanos.

FALE VOCÊ SOBRE A LEI...

You are missing some Flash content that should appear here! Perhaps your browser cannot display it, or maybe it did not initialise correctly.

Um curta reflexivo de entrevista local.

TERÇA-FEIRA 01 DE JUNHO, NOSSAS FLORESTAS IRÃO SOFRER UM ATAQUE PERIGOSO DE DEPUTADOS DA "BANCADA RURALISTA"

Próxima terça-feira dia 01 de junho nossas florestas irão sofrer um ataque perigoso – deputados da “bancada ruralista” irão introduzir uma proposta para destruir o nosso Código Florestal, tentando reduzir dramaticamente as áreas protegidas, incentivando o desmatamento e crimes ambientais.

O que é mais revoltante, é que os responsáveis por revisar essa importante lei são justamente os ruralistas, representantes do grande agronegócio. É como deixar a raposa cuidando do galinheiro!

Há um verdadeiro risco da Câmara aprovar a proposta ruralista – mas existem também alguns deputados que defendem o Código e outros estão indecisos. Nos próximos dias, uma mobilização massiva contra tentativas de alterar o Código, pode ganhar o apoio dos indecisos. Vamos deixar claro para os nossos deputados que nós brasileiros estamos comprometidos com a proteção dos nossos recursos naturais.

O IMPÉRIO DO CONSUMO - "UMA ARMADILHA DE CAÇA-BOBOS" !

por Eduardo Galeano

Cartoon de Poderiu. O sistema fala em nome de todos, dirige a todos as suas ordens imperiosas de consumo, difunde entre todos a febre compradora; mas sem remédio: para quase todos esta aventura começa e termina no écran do televisor. A maioria, que se endivida para ter coisas, termina por ter nada mais que dívidas para pagar dívidas as quais geram novas dívidas, e acaba a consumir fantasias que por vezes materializa delinquindo.

Os donos do mundo usam o mundo como se fosse descartável: uma mercadoria de vida efémera, que se esgota como se esgotam, pouco depois de nascer, as imagens disparadas pela metralhadora da televisão e as modas e os ídolos que a publicidade lança, sem tréguas, no mercado. Mas para que outro mundo vamos mudar-nos?

Divulgar conteúdo