Todos contra o abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes

Todos contra o abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes
No dia 18 de maio de 1973 a menina Araceli Crespo, de apenas nove anos, desapareceu da escola onde estudava em Vitória (ES). Após ser estuprada, espancada e assassinada, seu corpo foi encontrado uma semana depois desfigurado por ácido, os assassinos não foram punidos. O caso ficou conhecido como “Caso Araceli”. Com isso a Lei Federal 9.970 em 2000 de âmbito nacional combate junto com organizações governamentais e não governamentais ações e atividades de sensibilização ao problema.

Esse não foi e nem tem sido o único caso de violência sexual contra crianças e adolescentes no Brasil. O 18 de maio é marcado nacionalmente por atividades a fim de conscientizar e encorajar a sociedade civil para a denuncia dos casos de violação desses direitos.