VEIA PRINCIPAL DE ÁGUA DO ABIAL PASSA ATRAVÉS DO ESGOTO PRECÁRIO - PARTE 1

VEIA PRINCIPAL DE ÁGUA DO ABIAL PASSA ATRAVÉS DO ESGOTO PRECÁRIO - PARTE 1
Hoje dia 17 de setembro de 2010 às 09:00AM, aconteceu um fato um tanto nojento e motivador de revolta para os moradores do bairro Abial. Fazendo 03 dias sem fornecimento de água, os moradores do bairro descontentes resolveram averiguar o porque desta situação de seca na tubulação das casas.

E de forma estranha, observamos uma movimentação em torno de uma esquina da rua Beira Mar com a Samuel Fritz, uma escavação nos dutos de esgoto antigo e em péssimas condições, e com muito vazamento de água. O mais interessante é que estava sendo feita a limpeza do esgoto, retirando grande quantidade de lixo, cacos e sedimentos duvidosos com aparência de areia escura.

E durante esta tarefa usava-se um vara de ferro muito cumprido para desentupimento quando necessário, e na utilização deste ocasionou numa perfuração de um tubo de pvc de grande circunferência, e que todos ali não sabiam da existência do mesmo, quando houve o choque da vara de ferro com o tubo de pvc, esguichou um forte quantidade de água o que ajudou no rompimento e abertura do tubo, constatou-se que o tubo é o fornecimento de água para todos os moradores do Abial, onde fazemos comida, tomamos banho, limpamos nossos utensílios domésticos, e se tratando de água, em quase tudo se utiliza quando chega em nossas casas.

Agora que sabemos que o tubo principal de água passa por dentro de um duto de esgoto, e as providências provavelmente não serão tomadas, pois o responsável por essa área de abastecimento conhecido por todos como CARNEIRO e um outro funcionário, está muito preocupado em resolver a questão da emenda do tubo principal e fechar logo a escavação, pois não é interesse dele com certeza de deixar todo o Abial saber, e Tefé como um todo, que o fornecimento de água se dá atravessando esgotos.

Isso em um ambiente jurídico, resta saber o quantos crimes ambientais e as leis que a regem, foram quebradas com esta situação, e o que o poder público que não visita o bairro durante todo o mandato, se novamente não irá trazer melhorias desses esgotos e as ruas, mesmo nós sabendo que é perceptível o grande descaso e exclusão social que o bairro vem sofrendo durante todos esses anos de existência.

E para se ter uma idéia, não haverá aulas nas escolas no bairro enquanto não resolver este problema (emendar o tubo) principal, e o problema secundário que deveria ser o principal, com certeza continuará do jeito que está, a empresa irresponsável, praticamente não moverá 01 centavo se quer na reestruturação da distribuição de água, o que demonstra que realmente estamos na seca, seca de responsabilidade ambiental, seca de soluções, seca de pessoas comprometidas na gestão pública, seca na cobrança pelos responsáveis do setor de água, e mais seca ainda por estamos na época em que dizem: vote no fulano e o ciclano.

Abial, guardiã da entrada do lago Tefé, sua história e suas batalhas são intermináveis.