Participe da oficina com o lançamento do livro Minimanual da Arte Guerrilha Urbana - sábado 13/06 18h na UEA

Participe da oficina com o lançamento do livro Minimanual da Arte Guerrilha Urbana - sábado 13/06 18h na UEA

Inspirados no ‘Minimanual do Guerrilheiro Urbano’ escrito pelo inimigo público nº1 da ditadura militar, Carlos Marighella, em 1969, o coletivo de arte ativista “Aparecidos Políticos” lançará o “Minimanual da Arte Guerrilha Urbana” com o objetivo de demandar do Estado brasileiro o cumprimento das recomendações do Relatório Final da Comissão Nacional da Verdade assim como expor algumas técnicas de ação, aliando arte e política, no intuito de barrar as recentes ondas de conservadorismo. O projeto, a ser lançado inicialmente em seis cidades, foi contemplado dentro do edital Programa Rede Nacional Funarte Artes Visuais – 11ª Edição.

Nascido em Fortaleza-CE, em 2010, depois de presenciar a chegada dos restos mortais do desaparecido político Bergson Gurjão e de observar homenagens concedidas a militares que atuaram na ditadura, o grupo vem realizando exposições e intervenções, no Pará, Pernambuco, Distrito Federal, São Paulo, Ceará, e inclusive na Argentina, sobre a importância da justiça de transição de uma ditadura para uma democracia. O coletivo já recebeu algumas premiações como a do histórico 65º Salão de Abril e uma homenagem da Assembléia Legislativa do Estado do Ceará.

O coletivo realizará lançamentos e oficinas em Teresina (PI), Marabá (PA), Tefé (AM), João Pessoa (PB), Brasília (DF) e Fortaleza (CE), onde distribuirão, gratuitamente aos participantes, o Minimanual da Arte Guerrilha Urbana e realizarão intervenções urbanas baseadas nas ideias do livro. No final da turnê, um vídeo será produzido com o registro de todo o processo.

O primeiro local visitado foi Marabá, no Pará. O lugar foi escolhido pelo fato de ter sido palco da Guerrilha do Araguaia (1967-1974). Os acontecimentos relacionados àquele período levaram o Brasil a ser condenado, em 2010, pela Corte Interamericana, por não averiguar os crimes de desaparecimento forçado e ocultação de cadáver – crimes que não prescrevem.

A nossa guerrilha, agora, é outra: por memória, verdade e justiça e contra a onda conservadora.

Serviço:
Projeto Arte e Guerrilha Urbana – livro, oficina e intervenções

Marabá-PA (4 e 5 de Maio) – no auditório da UNIFESSPA, a partir das 9h
Evento: https://www.facebook.com/events/1127923020567779/

Teresina-PI (21/Maio)
Evento: https://www.facebook.com/events/1603032533317032/

Tefé-AM (13/Junho)
Evento: https://www.facebook.com/events/685405081571443/

Fortaleza-CE (27/Junho)
Evento: https://www.facebook.com/events/839002246188221/

Brasília-DF (Junho) (dia a definir)

João Pessoa-PB (Junho) (dia a definir)

Veja como participar:
www.facebook.com/aparecidos.politicos
site – www.aparecidospoliticos.com.br
Twitter: twitter.com/appoliticos
email: aparecidospoliticos@gmail.com

Obs: O Minimanual será disponibilizado em breve digitalmente. Por enquanto só está disponível um Trabalho de Conclusão de Curso que deu ensejo ao livro.

Fonte:
http://www.aparecidospoliticos.com.br/2015/04/lancamento-do-minimanual-da-arte-guerrilha-urbana/